FREGUESIA DE PEPIM

Dista cerca de cinco quilómetros da sede do concelho e ocupa uma área de 1193,48 ha, estendendo-se pelas seguintes povoações: Pepim, Mosteiro, Outeiro, Vale de Carvalho e algumas Quintas (Ponte da Pedrinha; Entroncamento e Chãos de Paiva) – 436 habitantes. Esta freguesia encontra-se separada do concelho de Castro Daire pelo rio Paiva, confrontando a norte com a freguesia de Reriz, com Alva, a sul, com Ribolhos, a nascente e com Pesos, a poente. Segundo a população com mais idade, o topónimo da freguesia resulta de, outrora, aí ter habitado uma família cujo chefe era conhecido como Conde Pepim.

Pepim fazia parte do antigo concelho de Alva que recebeu foral por D. Henrique confirmado por D. Afonso III. D. Manuel atribuiu foral novo a 10 de Fevereiro de 1514, fazendo desta terra igualmente concelho. Pepim construiu a sua própria igreja de Santa Maria em 1258, posteriormente designada Nossa Senhora da Conceição. Foi doada a João Roiz Borges em conjunto com algumas terras de Alva pelo D. Afonso I. No Século XVI, ficou a pertencer ao Bispo, passando depois para Roque Monteiro Paym, senhor de Alva, ficando em sucessão para os Condes de Alva. Foi edificada uma nova igreja, no século XVIII, talvez inspirada na região de Braga pelo facto da construção da torre ter sido feita na retaguarda do corpo da capela-mor.

40.889026, -7.958771